Quem sou eu

Minha foto
"Uma parte de mim pesa e pondera: outra parte delira...Uma parte de mim é permanente: outra parte se sabe de repente...Uma parte de mim é só vertigem:outra parte linguagem...Traduzir uma parte na outra parte será arte?"

terça-feira, 20 de abril de 2010

Reflexão

Onde Está a Sabedoria?

Certa vez Karl Marx afirmou, "Os que tem a oportunidade de se consagrar aos estudos científicos deverão ser os primeiros a por seus conhecimentos a serviço da humanidade." No entanto,vivemos em um momento histórico onde a hegemonia de conhecimento e informação caminha a passos largos e, apesar disso, a humanidade vivencia um período de crise. Acredito que em meio a essa efervecência no que tange a busca pela instrução intelectual estamos a deixar de lado um princípio essencial e indispensável: O TEMOR DO SENHOR! Penso que assim, responderemos a pergunta de Thomas Eliot, "Onde está a sabedoria que perdemos no conhecimento?" Afinal, como diz a bíblia,"O temor do Senhor é o princípio da sabedoria."

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Aniversário da FACED- 40 anos

Parabéns à FACED-UFBA...é uma experiência enriquecedora para mim fazer parte da sua história. Nesse vídeo foram entrevistadas as três gerações de Diretoras da FACED : a primeira diretora, profª Lêda Jesuíno; a atual, Celi Taffarel e a provável futura, Myrla Duarte. (rs)Confiram!


video

*Vídeo disponível em: http://www.tv.ufba.br/

domingo, 23 de agosto de 2009

LIVRO - O Pequeno Príncipe


Diz o ditado que "coração de gente é terra que ninguém pisa". Mas como eu queria que fosse possível ao Pequeno Príncipe pisar no mundinho do nosso coração e deixar em suas pegadas as impressões de suas idéias e pensamentos a respeito da vida, da importância da amizade, do cativar... Me entristece ver pessoas que se preocupam mais com números do que com pessoas, gente, ser humano deve valorizar e se importar com o ser humano. Quando as pessoas viverem essa realidade acredito que a humanidade chegará ao apogeu da sua evolução na história.

Sabe quando lemos um livro e algumas frases fazem nosso coração bater mais forte? Pois é, tenho a mania de transcrevê-las e sempre que da vontade releio-as e aqui estão sete dentre as várias que copiei do "O Pequeno Príncipe" que eu gostaria de compartilhá-las:

" Mas nós, nós que compreendemos a vida, nós não ligamos aos números!"

"É triste esquecer um amigo."

" - É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas."

"- Como és bonita! - Não é? Respondeu a flor docemente. Nasci ao mesmo tempo que o sol..." (amo essa rosinha nada modesta!)

"Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo..."

"Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos."

" Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas."

Leia "O Pequeno Príncipe" clicando aqui:http://http://www.blogger.com/www.mayrink.g12.br/pp/Cap00.htm

* Imagem disponível em: blog.cantocidadao.org.br

sexta-feira, 24 de julho de 2009

MUSEU- Mundo Invertido



Interessantíssima, assim classifico a nova exposição do fotógrafo bahiano Pedro Archanjo ,intitulada " O Momento Histórico que nos Contém" , no Museu de Arte da Bahia. O trabalho mostra através de fotógrafias de manequins as tentativas das mulheres nos dias atuais de se aproximar da beleza artificial, muitas vezes sem expressão, apenas para seguir um modismo " imposto" pela sociedade do consumo.
A série é inpirada no filme de Debord: " A sociedade do Espetáculo", sendo que um dos manuscritos que Archanjo mas cita é: "Num mundo realmente invertido, o verdadeiro é o momento do falso". (Debord)

Um dos manuscritos do filme que mais me chamou a atenção:
"O valor de uso antigamente era compreendido enquanto um aspecto implícito no valor de troca. Hoje, contudo, dentro do mundo de cabeça para baixo do espetáculo, ele precisa ser explicitamente proclamado, ... por ele servir como uma necessária pseudojustificação para uma falsa vida."

Vale a pena conferir, a exposiçao foi prorrogada até o dia 30 de julho 2009.

* imagens disponíveis em: www.pedroarchanjo.com.br

terça-feira, 10 de março de 2009



" Contemplar o belo é:

1 Educar a emoção para fazer das pequenas coisas um espetáculo aos olhos.2 Fazer de cada momento uma vivência mágica...4 Desvendar as coisas lindas, singelas e ocultas que nos rodeiam...6 Enchergar o que as imagens não revelam e perceber o que os sons não traduzem. 7 Ver com os olhos do coração.8Aprender a ser rico sem ter grande soma de dinheiro... 9 Viver suavemente, ainda que sobrecarregado com responsabilidades. 10 Ter um romance com a vida. Fazer poesia com a vida, sem escrever palavras. 11 Abraçar as crianças, admirar as pessoas da terceira idade, ter agradáveis conversas com os amigos. 12 Ler um bom livro, viajar por suas páginas, libertar a criatividade. Ouvir uma boa música, penetrar nos traços de uma pintura, de uma arquitetura. Navegar pelas águas da emoção."
( Augusto Cury, 2007)